• Sheylli Caleffi

5 livros pelos quais me apaixonei...

y otras cositas más


Fundo azul com cérebro rosa pingando como se estivesse derretendo.

Pra entendermos a comunicação é fundamental entender a cultura - ou tentar, pelo menos!


Os livros que mais amei desde a pandemia falam do momento em que vivemos, da mudança de lógica, da dificuldade de discernimento entre fato e fake e de que ônibus pegamos pra chegar a esse ponto!


E talvez pareça contraditório ou até hipócrita eu ler e recomendar essas publicações no mesmo pé em que ensino como você pode ter uma comunicação mais eficiente hoje, usando os mecanismos que criam essa realidade cansativa e talvez desesperadora, essencialmente:

- Engenharia social - como gatilhos e psicologia comportamental;

- Simplificação;

- Quantidade;

- Tendência;

- Frequência;

- Palavras-chave.

Por exemplo, o título desse post “5 livros pelos quais me apaixonei”.


Vamos lá:


1. O mundo que não pensa - Como as gigantes da tecnologia moldam a cultura de acordo com seus interesses e ideais quase religiosas;

Livro O mundo que não pensa. Na imagem ele está inclinado de forma que pode-se ver a capa e a lombada.

2. A morte da verdade - Como alguém chega a acreditar em mamadeira de pi*oca e como a política usa a mentira como estratégia, mas não só ela. Spoiler: isso começou há muito tempo...

Foto do Livro a morte da verdade, fechado sobre uma bancada de pedra preta.

3. Por que as pessoas acreditam em coisas estranhas - Como surge um negacionista e quais são as bases do pensamento científico. Um livro delicioso (em alguns momentos um pouco mais técnico) que analisa desde mágicos e videntes a negadores do holocausto e da teoria da evolução. Muito bom pra compreender o momento atual e não tomar susto com pessoas que aparentemente têm acesso ao conhecimento mas escolhem acreditar em absurdos.

Capa do livro Por que as pessoas acreditam em coisas estranhas

4. Por que pessoas inteligentes cometem erros idiotas? - Quanto mais inteligente uma pessoa é mais fácil fica criar argumentação para coisas absurdas. Aqui você tem uma boa base de pesquisas sobre inteligência, o mito da inteligência emocional e como tudo isso funciona na gente. O capítulo sobre sentimentos é fenomenal e nos mostra que "Os sentimentos não são uma distração do bom raciocínio mas parte essencial dele".

Fotografia do livro Por que pessoas inteligentes cometem erros idiotas?

5. A organização sem medo - Pode um grupo errar mais que outro e ser mais eficiente ao mesmo tempo? Sim! E a maravilhosa Amy Edmondson nos explica porque a segurança psicológica é a base da efetividade em equipes e como construir isso - essencial pra líderes! Tipo tem que ler!

Livro A organização sem medo. Na foto o livro está fechado, na mão de uma pessoa, com alguns livros em uma prateleira ao fundo.

Eu disse 5? Mas tem mais 2 cositas! kkkkk


6. Ser bom não é ser bonzinho - Que tal aprender alguns princípios pra aprimorar suas relações? De maneira primorosa esse livro traz situações cotidianas nas quais nos metemos e mostra como a comunicação pode ser efetiva pra nos desenrolarmos delas;

Capa do livro Ser bom não é ser bonzinho.

7. Sapiens - versão ilustrada - Como histórias nos tornam humanos e nossa habilidade de inventar realidades molda a cultura. A versão ilustrada é mais dinâmica e fofíssima! Aquele livro que você precisa parar pra pensar em muita coisa enquanto lê, reorganizando os neurônios!

Foto do livro Sapiens sobre um fundo vermelho.

Nas minhas redes, especialmente no instagram @sheylli eu compartilho trechos e reflexões sobre o que ando lendo, vendo e ouvindo!