engajamento de audiência no podcast

Atualizado: Out 29

Percebo entre meus clientes que buscam consultoria que os voltados à negócios esquecem que o podcast é um produto: tem público alvo, resultados mensuráveis e precisa de estratégia pra alcançá-los. Já os artistas se preocupam com o produto e esquecem que podcast é uma obra de arte do entretenimento: precisa ser criativo, ter ritmo, emoção, empolgar, conectar com os ouvintes.


Exatamente… Cada um se preocupa com o que não sabe e esquece o que já faz!

O podcast está mais para os programas de TV ou rádio, as séries que você curte na Netflix, Amazon… Pra rolar bem precisa que CONTEÚDO, FORMATO e PERFORMANCE de quem apresenta ou participa estejam em harmonia.


Se o assunto for incrível e a edição for ruim não dá muito certo. Já se o assunto e a edição forem ótimos mas quem apresenta não tiver o ritmo e o carisma é difícil engrenar.



A boa notícia é que cada vez mais temos profissionais experientes e que podem auxiliar você nessa empreitada. Podcast é antigo gente, a brincadeira tem 15 anos no país, é que agora está acessível.


As pessoas me procuram quando querem pensar o produto - que pode ser criado igualzinho um produto de inovação com Job to be Done, por exemplo, porém com a lógica da arte que opera na frequência da criatividade. Outra coisa que acredito ser bem recente é a direção por demanda. Dirijo episódios específicos, orientando a performance de apresentadores e atores na hora da gravação mas sem ser a diretora do projeto. Muitos orçamentos não podem contemplar direção mas pontualmente, até engrenar, isso faz bastante diferença.


4 perguntas para começar:


1. Por que alguém vai me ouvir?

De a audiência o que ela quer e depois o que você acha que ela precisa;

2. Que outros programas já existem?

Por que vão ouvir a mim além do que já tem por aí?

Uma pesquisa é o básico e não esqueça de escolher um nome que os buscadores encontrem facilmente, que seus ouvintes lembrem e os assistentes virtuais também. Pesquisa bem porque já tem muito podcast e nada mais desagradável que usar um nome de alguém sem saber;

3. Quem vai apresentar?

Contratar alguém de fora pra apresentar seu programa pode ser um tiro no pé. As pessoas vão querer continuar as conversas nas redes e se quem conduz não tiver paixão pelo tema não terá paciência e nem vai se divertir com tudo o que vem junto;

A condução é a chave do podcast, especialmente o de entrevista. Na hora de conduzir um programa você se torna um personagem e precisa se dar a conhecer; seu jeito de ver o mundo importa. Seus medos, expectativas e frustrações precisam fazer parte.

4. Será que não é o caso de patrocinar algo que já existe?

Pra que inventar a roda né gente? Se você é uma marca, começa patrocinando bons conteúdos pra você sentir se realmente é o caso de tirar um produto artístico do zero! Se joga na podosfera!


Podcast é um produto artístico

Com essa onda do audio que veio pra ficar e crescer, né Alexa? Muitas pessoas e marcas decidem começar um podcast. Está na moda? Sim! Traz resultado? Muitos!


#podcast #podosfera #mentoria #direcao